how to PAPER YOUR WALL

Apesar do papel de parede já ter entrado nas nossas casas há algum tempo, muitas vezes ainda associamos os prints mais trabalhados ou florais às casas das nossas avós.

Contudo, também isso tem vindo a mudar e a prova é que um grande ícone da moda, Kate Moss, colaborou com uma luxuosa marca de papéis de parede - de Gournay - e o resultado ficou espantoso.

As flores de anémona pintadas à mão, símbolo da sorte na mitologia grega, com tons monocromáticos que mudam a sua tonalidade conforme expostos à luz ou à sombra, foram o ponto de partida desta colaboração.



A própria Kate Moss aplicou o papel de parede que resultou da colaboração na casa de banho da sua casa em Londres.

Este é um óptimo exemplo daquilo que são os espaços que podem ser potenciados pela utilização de papéis de parede com estampados mais fortes ou com mais informação, principalmente porque na maior parte das vezes não têm que competir com mais nenhum elemento, nem com outras cores ou texturas fortes. O papel de parede nas casas de banho oferece  conforto  que muitas vezes não se consegue alcançar utilizando os cerâmicos ou mesmo materiais com texturas.



Ou seja, a nossa dica para o caso de gostar de papéis de parede com grandes estampados ou com muita informação e não sabe onde os aplicar, as casas de banho são a nossa sugestão. Há já alguns resistentes à humidade, não tanto quanto os cerâmicos, mas o suficiente para serem utilizados em zona de vapores.

Ainda em jeito de sugestão, há outras formas de aplicar papéis de parede que vão marcar muito um ambiente, por exemplo, num hall de entrada ou apenas numa parede, atrás da cabeceira de cama. Sempre em espaços pequenos ou apenas um apontamento numa parede específica.

Por outro lado, se a intenção é apenas dar uma dinâmica a determinado ambiente, há uma série de papéis com desenhos geométricos e tons muito ténues que vão mudar totalmente a leitura e conforto do espaço sem o tornar num festival de cores e texturas.

Para vos inspirar deixamo-vos alguns exemplos.

Este slideshow necessita de JavaScript.