SWEET SWEET MILLENNIAL

Não, este título não é sobre a geração millennial, é sobre a cor. Mas podia ser!

Não sei se foi porque a Pantone galardoou o rosa quartzo como a cor do ano de 2016, mas o rosa millennial tem sido sem dúvida a cor de 2017.

As casas Valentino e Balenciaga lançaram-no na passarele para as colecções de Primavera / Verão e rapidamente passou para o street style. Mas foram marcas como a Gucci e Marni que lhe deram força nas coleções de Outono / Inverno.

Elle
Gucci na MFW


Este rosa marshmallow que agora é “millennial” veio para ficar e trouxe uma doçura às nossas vidas, aos nossos espaços. E como acontece com quase todas as cores pastel, o rosa millennial provoca uma sensação relaxante de conforto e por muito surpreendente que seja não nos compromete.

Podemos trabalhá-lo nos interiores de uma forma subtil, utilizando apenas algumas peças decorativas ou podemos assumi-lo e criar espaços “emocionais” sem se tornarem necessariamente femininos.

Contudo, apesar de esta ser agora uma “it-color” nós conseguimos reconhecê-la no passado, não apenas em elementos decorativos, mas também na própria arquitectura. Porém, isso será um tema que abordaremos no futuro.

Agora, para vos ajudar a arriscar, vamos mostrar-vos alguns exemplos inspiradores de uma cidade que abriu as portas  ao rosa millennial.